Fone
Revista
EDIÇÃO 130 – JUNHO – 2015

A modernização do varejo tradicional passa diretamente pela revisão de sua oferta, formatos, localização e a utilização de modernas ferramentas tecnológicas. Os hipermercados, por exemplo, estão sendo cada vez mais rejeitados pelos consumidores, que não querem perder tempo percorrendo longos corredores ou se deslocando para as grandes lojas. Atento a este movimento, o Carrefour anunciou na França sua estratégia de avançar na abertura de lojas de proximidade, iniciada no Brasil em 2014. O grupo francês, que tem quatro lojas de até 200 metros quadrados em São Paulo, divulgou a ideia de inaugurar filiais ainda menores de 80 a 90 metros quadrados em estações de metrô no Rio de Janeiro. Segundo a análise feita pelo grupo, este formato já consolidado na França com mais de 3600 lojas, tem demanda para expandir no Brasil.

Outras Edições